Dezembro começando, temporada de maior exposição ao sol também. Nos meses mais quentes, os cuidados com a pele devem ser redobrados – tanto que, desde 2014, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) realiza o Dezembro Laranja, movimento que visa à conscientização sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de pele.

A preocupação não é à toa: este é o tipo de tumor mais comum no Brasil, respondendo por 30% de todos os tumores malignos registrados no país, que soma um amargo número de mais de 176 mil novos casos de câncer da pele ao ano, conforme estatísticas do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

E onde a gestão de Segurança e Saúde do Trabalho entra nisso tudo? No uso de EPIs, por exemplo, voltados à proteção de trabalhadores que executam suas atividades ocupacionais expostos ao sol.

O uso de filtro solar é uma recomendação básica para todas as pessoas, independentemente de estarem trabalhando ou não. É fundamental utilizar este tipo de proteção contra os raios UVA e UVB, e, por isso, listamos os filtros solares aqui como itens fundamentais para atravessar o verão – seja a trabalho, seja a lazer.

Falando especificamente de trabalho, os Equipamentos de Proteção Individuais (EPI) recomendados para evitar a exposição solar inadequada são:

 – Roupas que cubram bem o corpo

Dermatologistas recomendam que quem fica exposto ao sol, seja em que época do ano for, use roupas que ofereçam proteção solar. Isto porque as áreas do corpo protegidas pelo tecido têm muito menos chance de sofrer queimaduras do sol.

Mas é importante ter atenção a um detalhe: quanto menor for o espaçamento entre as fibras do tecido, maior a proteção. Por isso é recomendado o uso de tecidos mais fechados, porém, que propiciem que a pele respire e mantenham a temperatura sob controle, dando a sensação de bem-estar, além da segurança.

 – Chapéus e capacetes de proteção

Muitas áreas de atuação requerem o uso de EPI para proteção da cabeça. Capacetes e tipos de chapéus estão entre eles. No caso da exposição ao sol, especificamente, é preciso o uso de chapéus, bonés, abas que protejam contra os raios solares.

 – Óculos de sol com lentes UV

Você sabia que existem registros de melanomas dentro do globo ocular? Para evitar este risco, é preciso proteger os olhos do sol, usando óculos com lentes equipadas com proteção anti-UVA e UVB.

Outras providências

Mesmo usando todos os EPIs necessários, é preciso evitar estar ao sol nos horários de maior incidência. Se possível, não se exponha diretamente ao sol entre 10h e 16h, já que este é o período de pico da radiação ultravioleta.

Em caso de detecção de alguma anomalia na pele, é preciso buscar diagnóstico rápido pois, em caso de câncer, o tratamento em fase inicial tem altas chances de sucesso no alcance da cura.
Há três tipos de câncer da pele: o carcinoma basocelular (mais frequente e mais fácil de curar), o carcinoma espinocelular (de incidência média) e o melanoma (muito mais raro e o mais grave deles). Todos têm potencial de cura se detectados em fase inicial.

Proteja-se, previna-se. Use o EPI adequado e mande para longe o risco de câncer de pele.