-- Global site tag (gtag.js) - Google Ads: 800368142 -->
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

O INSS está recebendo, através do portal e do aplicativo Meu INSS, atestados médicos em formato digital.

O objetivo é beneficiar segurados que, em razão do isolamento social determinado pela pandemia do coronavírus, não podem ir às agências do INSS para levar os documentos para encaminhar a solicitação do auxílio-doença.

Após o envio do atestado pela plataforma online, o mesmo é validado pela perícia médica do Instituto. Se estiver tudo ok, o segurado já pode receber uma antecipação de R$ 1.045 (um salário mínimo), que foi aprovada pelo Congresso Nacional como uma das medidas de combate à pandemia.

Para ter acesso à antecipação, é preciso que o atestado fornecido contenha todas as informações necessárias: nome do médico, número do CRM, código da doença/CID, data específica do repouso.

Se, após a perícia, os médicos do governo entenderem que o solicitante não têm real necessidade do auxílio, o segurado não receberá nenhum complemento, mas não precisará devolver o que já recebeu – a menos, é claro, que haja indícios de fraude.

Como fazer o pedido via portal ou pelo Meu INSS?

– Na plataforma Meu INSS, selecione a opção “Agendar Perícia”.

– Informe nome completo, CPF, data de nascimento e clique em “Não sou um robô”, caso você esteja fazendo o pedido sem se cadastrar. Se você já tiver usuário e senha, ao clicar na opção anterior você já será direcionado ao próximo passo.

– Clique em “Perícia Inicial” e, em seguida, “Selecionar”.

– O sistema pergunta se você tem atestado médico. Clique em “Sim” e, em seguida, “Continuar”.

– O sistema informa sobre o normativo legal do serviço a ser prestado. Clique em “Avançar”.

– Preencha um número de telefone (celular ou fixo). O e-mail é opcional. Nesta página, você também precisa anexar o documento de identidade e o atestado médico digitalizados (pode ser uma foto ou o documento em pdf). Clique no sinal de + em cada um dos campos para adicionar o arquivo.

– Na tela que se abre, clique em “Anexar”, selecione o documento, clique em “Abrir” e, em seguida, “Enviar”. É preciso repetir o procedimento para os dois casos, identidade e atestado médico.

– Após preencher os dados e anexar os documentos necessários, clique em “Avançar”.

– Preencha seu CEP e clique em “Consultar” para selecionar a agência mais próxima. Também é possível consultar por município ou pela localização (usando o GPS do celular). Selecione a agência desejada e clique em “Avançar”. ATENÇÃO: trata-se apenas de escolher em qual agência o benefício será mantido e onde será realizada a perícia no futuro. Por enquanto, o atendimento nas agências está suspenso.

– Selecione o local em que deseja receber seu benefício.

– Confira seus dados. Se estiver tudo correto, marque a opção “Declaro que li e concordo com as informações acima” e clique em “Avançar”.

– Pronto. Seu requerimento já foi realizado. Se desejar, clique em “Gerar comprovante” para salvar o recibo no computador ou celular. O acompanhamento do pedido pode ser feito pelo próprio site ou pelo aplicativo.

 

TECNOLOGIA PARA GARANTIR ASSERTIVIDADE

Para aproveitar as facilidades da digitalização, como a oferecida pelo portal Meu INSS, é importante contar com ferramentas para utilizar tais recursos da melhor forma.

A RSData fornece um módulo de BPM/Workflow com Gestão Eletrônica de Documentos que é ideal para que se utilize as facilidades da documentação eletrônica/online, contando com funcionalidades para geração, padronização, armazenamento e controle de documentos e processos.

O módulo permite compartilhar ações e informações, gerenciando tarefas e prazos, com alertas de ações aos participantes da equipe, o que garante mais agilidade, rapidez e organização às ações referentes à documentação eletrônica.

 

Com o RSGED, as empresas dispõem de:

 

– Agilidade e rapidez na gestão de Processos, com Priorização Drag-and-Drop

 

– Workflow e Integração de Processos Personalizados com Tarefas Multidirecionais

 

– GED – upload e download de arquivos com alerta de prazos

 

– Níveis de acesso para proteção das informações

 

– Envio de arquivos por e-mail

 

– Roadmap – Bússola gerencial com alerta ao usuário do estágio do processo

 

– BI com extração de Informações e com evidências e histórico de processos

 

– Acesso 100% online, com Integração a outros módulos do RSData para uma gestão completa de SST

 

Conheça!


Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

Open chat
1
Fale com nosso setor comercial! Como podemos te ajudar?