-- Global site tag (gtag.js) - Google Ads: 800368142 -->
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Neste artigo convidamos ao Engenheiro Sérgio Ussan falar conosco sobre as NRs que estão sendo modificadas e trarão um novo cenário para área de SST. Neste artigo o engenheiro Ussan falará sobre algumas das modificações dando ênfase na nova NR01

ESTAMOS PREPARADOS PARA AS NOVAS NRs?

APENAS UM ALERTA!

Esta pergunta pode causar estranheza para profissionais prevencionistas, Engenheiros de Segurança do Trabalho, Médicos do Trabalho e Técnicos de Segurança do Trabalho, que tem conhecimento mais apurado da harmonização das NRs em andamento durante este ano e que, certamente, avançará em 2021, pois para eles não será novidade.

Mas como será o futuro dos demais que sabem pouco ou nada do que está acontecendo?

Poucos, talvez muito poucos, se deram conta da mudança de foco no alcance, na interpretação e na aplicação dos princípios que nortearão as NRs e no futuro de todos, incluindo empreendedores, empregadores e trabalhadores.

Como alerta cabe citar situações importantes que passarão a integrar o cotidiano de quem desenvolve atividades onde está incluído o segmento de Segurança e Saúde do Trabalho, merecedoras de pleno conhecimento do grupo acima citado.

Como novidades podemos elencar, a título de exemplo:

– Nova NR 1- Disposições Gerais.

Necessário conhecer profundamente os objetivos e alcance desta NR, pois ela norteará ações de Segurança e Saúde do Trabalho e interligação de diversas NRs.

– GRO – Gerenciamento de Riscos Ocupacionais.

Ferramenta que estabelece as diretrizes e requisitos para o gerenciamento de riscos ocupacionais e as medidas de prevenção em SST.

– PGR – Programa de Gerenciamento de Riscos.

Programa a ser desenvolvido visando o preconizado no GRO com diversas atividades contínuas visando a segurança, saúde e meio ambiente do trabalho em um estabelecimento.

– Inventário de Riscos.

Documento onde o empregador, sob sua total responsabilidade, listará, em detalhes, os riscos que trabalhadores com atividades em seu empreendimento estarão submetidos no desenvolvimento de suas tarefas.

– A importância da Matriz de Riscos.

Através deste documento será estabelecido a gravidade do risco ao qual o trabalhador estará exposto tornando-o de vital importância na aplicação do PGR.

Observação Relevante:

Até a concretização da ação de harmonização das NRs podem os conceitos acima serem contraditos ou sofrerem possíveis alterações.

Assim este curto texto define seu objetivo: alertar aos que não possuem pleno conhecimento sobre o que está em andamento no tema em epígrafe para a necessidade de buscar formas de se inteirarem deste novo mundo que se avizinha de forma rápida e que exigirá participação intensa de profissionais prevencionistas devidamente preparados.

Cabe lembra que existem dois tipos de profissionais, os que “esperam acontecer” e os que “fazem acontecer”, portanto integre o segundo grupo, vá em busca de pleno conhecimento do presente e, principalmente, do futuro no que tange a Segurança e Saúde do Trabalho.

Como sempre o contraditório será bem vindo

 

SERGIO LUIZ M. USSAN

Engenheiro Civil e de Segurança do Trabalho

 

 

 

 

 

 

Os artigos reproduzidos neste blog refletem única e exclusivamente a opinião e análise de seus autores. Não se trata de conteúdo produzido pela RSData, não representando, desta forma, a opinião legal da empresa.

 

 


Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

Open chat
1
Fale com nosso setor comercial! Como podemos te ajudar?